quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009












Oi minhas amigas do coração,


Por aqui as coisas não estão muito fáceis.

Faz umas 2 semanas que comecei com uma dor no braço esquerdo, achei que era uma dorzinha muscular que passava logo ... a dor continuou e sinto sempre o braço gelado e dormente. Faz uns 3 dias piorou começaram a doer as costas do lado esquerdo e fiquei com dificuldades respiratórias.
Claro que entrei em depressão (2 semanas sem ginásio!!!), fui ao médico e ele detectou uma "contratura muscular".

Estou a tomar Nimesulida, que me provoca reacções alérgicas, tipo comichões na cara e pescoço e enjoos. Ele mandou fazer umas 3 sessões de fisioterapia, hoje vou procurar quem a faça. A pontada nas costas continua quando respiro, e a dor no braço tb.

Desculpem a minha ausência, mas de facto não consigo estar aqui sem nada de bom para contar.

O peso anda igual, 76.300, oscilando para mais 200gr, menos 200 gr.

Crises bulimicas não tenho tido.

Falta-me sim a energia positiva a que vos acostumei e como já disse, detesto vir aqui só para me lamentar.

No entanto devia-vos uma explicação!!!

Beijos grandes, mal esteja melhor e/ou tenha novidades médicas venho cá contar.



Contratura Muscular



Contratura Muscular

Após falarmos sobre algumas lesões ósseas e articulares encontradas em skatistas, falaremos agora sobre as principais lesões musculares que acontecem durante as sessões.
A mais simples delas é a contratura muscular, que ocorre quando um pequeno grupo de fibras se contrai de forma não controlada, causando uma dor bem localizada num músculo longo, sem sinais de ruptura.
Surge geralmente num músculo que não foi alongado antes da sessão ou por esforço muito grande durante a realização de alguma manobra, mas não o suficiente para romper as fibras. Não impede as atividades rotineiras, mas dificulta algumas atividades esportivas como o skate. Muitas vezes, ao tocar a região, é possível identificar certo endurecimento muscular bem delimitado.
O mais indicado a se fazer caso sofra uma contratura muscular durante a sessão, é aplicar gelo no local por um período de até 30 minutos, diminuir a atividade do músculo lesionado e procurar um médico que vai lhe indicar o correto tratamento e posteriormente a fisioterapia para retornar ao skate.
Considerando sempre o quanto é importante a realização de alongamento e um pequeno aquecimento antes de iniciar a sessão.
Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.


ln: http://skatesaude.blogspot.com/2008/02/contratura-muscular.html


............................................................



Contratura muscular
(30/04/2008)

As lesões musculares estão entre as mais frequentes entre os tenistas. Vai desde as cãibras (como comentado em outro artigo), passando pela contratura, distensão até chegar na ruptura completa.

Esse foi o motivo anunciado da desistência de Guga em Barcelona. A contratura muscular geralmente é um mecanismo reflexo de proteção do corpo. Quando algo não está bem, o corpo procura preservar a região desencadeando a contratura. Assim, a região acometida terá menos mobilidade, diminuindo o processo irritativo temporariamente.

Porém, a contratura sustentada por longo tempo leva à redução da circulação sanguínea resultando em menos oxigenação e nutrição dos tecidos. Consequentemente, a dor passa a se tornar crônica e o tratamento cada vez mais difícil, não só pela lesão de base, mas também pelo fato do indivíduo assumir um comportamento doloroso podendo chegar à depressão.

Toda dor deve ser tratada e a investigação da causa, detalhada para o tratamento eficiente. Fica simplesmente de repouso, não traz benefícios e a recuperação pode ser insatisfatória e mais demorada (leia mais em Repouso Relativo).

ln: http://www.bangsports.com.br/blog4.htm


..............................................................


Saiba quais são as principais dores musculares em atletas


Por David Homsi | 04/06/2008 - Atualizada às 08:04
As principais lesões musculares em atleta de corrida são: dor muscular tardia, mialgia, contratura e a distensão (ou rutura muscular). Por isso separei cada uma delas para que o atleta saiba quando está acometido. Confira:

Dor muscular tardia: é aquela que aparece no dia seguinte a uma atividade num indivíduo sedentário. Esta pode ser conseqüente a uma prática desportiva ou até mesmo um trabalho doméstico intenso. Ela surge por microruturas no tecido conjuntivo que envolve as fibras musculares e os próprios músculos. E a dor sempre está localizada nos músculos ou grupos musculares que foram mais utilizados na atividade.

A dor dura de dois a três dias e melhora com o uso de calor local (bolsas térmicas ou banheiras). Raramente exige o uso de relaxante muscular. Melhora também com a prática possível de uma atividade aeróbica leve (corrida, bicicleta, natação).

Mialgia: é uma dor muscular localizada. Embora presente em várias patologias sistêmicas, aparece quando um músculo fica fatigado por excesso de trabalho esportivo, doméstico, ou quando o grupo muscular atingido ficou sobrecarregado pelo esforço. Porém, não há lesão na estrutura do músculo e a dor aparece provavelmente por causa do acúmulo de ácido lático no local. Essa dor melhora em poucos dias com uso de calor, fisioterapia e relaxante muscular.

Contratura muscular: como o próprio nome indica é um estado em que uma parte do músculo se endurece por um esforço exagerado, além de haver uma lesão na estrutura anatômica de algumas fibras. Justamente por isso, muitos autores a consideram como uma Rutura Muscular de Grau I.

A aplicação de gelo por 20 minutos deve ser imediata e repetida ao menos três vezes ao dia. Usa-se relaxante muscular e eventualmente antiinflamatório (quando prescrito pelo médico). A fisioterapia deve ser diária e a recuperação é rápida, em torno de 15 dias.

Já a Rutura de Grau II (ou distensão muscular grau II) acontece por causa de um esforço muscular acima dos limites de distensibilidade do músculo. É rara nas atividades domésticas, mas é um diagnóstico comum nas práticas desportivas. Nesse caso ocorre uma rutura de boa parte das fibras musculares do músculo. Além disso, a dor é imediata, a incapacidade local também, muitas vezes o atleta escuta um barulho ou tem a nítida sensação que recebeu uma pedrada. O extravasamento de sangue provoca o hematoma.

Para esses casos é aconselhável usar gelo por 20 minutos a cada três horas no primeiro dia, a cada quatro horas no segundo dia e daí para frente seguir as recomendações médicas. A ultra-sonografia é um exame simples e que permite identificar a lesão e a sua extensão. Antiinflamatórios e fisioterapia intensiva permitem uma recuperação total (lembrando que só utiliza-se antiinflamatórios quando prescrito pelo seu médico).

Há também a distensão de grau III. Essa é a rutura total de um músculo e muitas vezes é tratada com cirurgia.

Como prevenir a dor muscular - O aquecimento e os alongamentos são obrigatórios antes de qualquer atividade física para prevenir a lesão muscular. Nas temperaturas frias, ou até mesmo nos dias mais úmidos, os cuidados são ainda mais importantes. Além disso, a boa hidratação antes, durante e depois de atividades é outro fator de prevenção.

A volta à atividade física só deverá ser feita com a certeza de que a lesão está cicatrizada e mesmo assim, essa volta deve ser gradativa. Fora essas lesões ocorridas na prática do esporte e nas atividades domésticas intensas, a dor muscular pode aparecer como sintoma de várias enfermidades neurológicas, endócrinas e metabólicas. Mas isso é um outro assunto para uma nova matéria. Bons treinos!
David Homsi
Consultor Webrun da seção Fisioterapia. Ministra cursos e palestras em diversas universidades e congressos no Brasil. Fisioterapeuta com experiência internacional e especialista em fisioterapia esportiva pela Sonafe (Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva) e FMU. Professor da pós-graduação da FAGAMMON em reabilitação músculo esquelética esportiva,


ln: http://www.webrun.com.br/home/conteudo/noticias/index/id/8167/secao/fisioterapia

5 comentários:

EA disse...

Amorzinho, agora mais que nunca energia positiva para enfrentar essa contratura ... mas pensa não é assim nada do outro mundo, só tens que zelar por ti e não abusar do exercicio fisico, recupera bem antes de voltares a malhar! Se precisares de energia cá estou eu!

beijos enorme

Branquinha disse...

Oi Crista!Espero que fiques melhor e a 100%. esta fase não está a ser fácil para ti, mas espero que consigas dar a volta e voltar bem. Vai dando notícias ;)

***

Rosangela Neri disse...

Melhoras... acredite Deus fará o que é certo na hora certa.

Beijinhos e se cuida viu?

Cindy Grimm disse...

Olá
Nada de desãnimo, ninguém é de ferro e nem sempre temos energia 100%
Cuida dessa contratura e logo estara boa ;D
Bjs

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ vente cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ comprar cialis